TED 2010

10/02/2010

O trabalho voluntário de traduzir palestras no TED foi recompensado! Neste ano todos os tradutores receberam a oportunidade de acompanhar o evento ao vivo pela internet. Uma explosão de conhecimento e cultura!

Anúncios

Academic Earth

29/01/2010

Fui apresentado ao Academic Earth por um amigo e achei o site fascinante! É um site com diversos cursos nas áreas de Engenharia, Medicina, Economia, Arquitetura, Empreendedorismo… etc.

Todos os cursos são de universidades classificadas entre as melhores do mundo: Harvard, MIT, Berkeley, Stanford, Yale, UCLA, Columbia, Michigan e Princeton.

São vídeo aulas de até 40 horas, e o melhor de tudo; são gratuitas! A sensação é a mesma de estar sentado em uma sala de aula de uma renomada universidade, com a única desvantagem de não poder fazer perguntas direto ao professor. Porém como hoje já existem fóruns sobre todos os tópicos, é só procurar no Google para melhor se interar no assunto e tirar suas dúvidas.

Fica a dica!


Aprenda a Ler Mais Rápido

21/11/2009

Me lembro muito bem em 2007 quando Bill Gates e Steve Jobs se reuniram para uma entrevista na All Things Digital. O entrevistador fez uma pergunta que deixou todos os espectadores sem fôlego esperando pela resposta… “Existe alguma coisa na vida de vocês que gostariam que fosse diferente?”. Aqui estão dois bilionários super mega ultra bem sucedidos que possuem todos os bens materiais imaginaveis, o que será que vão responder? Ambos deram a mesma resposta: “Eu gostaria de poder ler mais rápido”.

Ontem estive navegando pelo blog de Tim Ferriss, um cara que considero entre os maiores especialistas em produtividade, e encontrei algo que me chamou a atenção. Ele escreveu um artigo interessantíssimo sobre como aumentar a velocidade de leitura. A princípio li com um certo receio, porém experimentei seguir os passos e dedicar 20 minutos de meu tempo. E por mais incrível que pareça consegui aumentar meu tempo de leitura em 53,7%. Testei várias vezes antes de fazer o treinamento e minha velocidade de leitura sempre dava o mesmo resultado: 216 PPM (Palavras por Minutro). Agora estou lendo a 332 PPM e com a mesma compreensão de texto.

Vou tentar traduzir o post do Tim da melhor forma possível, e recomendo que todos façam o teste:
Continuar lendo…


Escola i9

07/09/2009

Escola

Se alguém tivesse dormido 500 anos atrás e acordado hoje, encontraria a escola igual. Em pleno século 21 me encontro numa renomada universidade, sentado em uma cadeira junto a 40 alunos, em silêncio, observando a obra de arte que o professor “copia” em um quadro negro (que por sinal é verde). O professor abre um livro de 578 páginas e transcreve algumas palavras ao quadro utilizando de seu sulfato de cálcio hemi-hidratado. Ao decorrer 225 minutos o professor fecha o livro, abandona a sala de aula, e nós alunos voltamos à vida real.

O papel de um professor não deveria ser o de resolver problemas ou transmitir informações aos alunos. A informação esta acessível para qualquer indivíduo, seja através de livros, revistas, ou internet. Restam aos professores despertar interesse aos alunos, motivá-los, e gerar problemas.

Não é de espanto imaginar o porquê mentes brilhantes como Bill Gates, Richard Branson e Steve Jobs abandonaram os estudos. Em muitos casos a falta de prática e excesso de teoria gera um enorme desperdício de tempo, aonde o aluno deixa de focar em seus interesses para adquirir informações que nunca lhe serão úteis.

Por favor, não me entendam errado, sou extremamente á favor da educação na vida das pessoas. Apenas acredito que ela esta sendo aplicada de forma errada. Sonho com um mundo aonde pessoas irão para a escola pelo prazer de descobrir novos assuntos e conhecimento dos mais diversos. Um lugar aonde todos estudarão por prazer, não pelo compromisso de tirar uma nota alta na prova de domínio de convergência da série binomial do calculo diferencial e integral, a não ser que esse tema seja de seu interesse. Claro que matérias como física e calculo são fundamentais para um curso de Engenharia, porém deve-se associá-las a vida real, de forma interessante, e não somente a formulas e exercícios utópicos.

Algo que também vejo como tendo carência na educação é a tecnologia.  Muito dinheiro e tempo foram aplicados para chegar à tecnologia avançada que possuímos hoje, vamos usar essa tecnologia a favor da educação! Fico ridicularizado ao saber que certos professores proíbem o uso de “notebooks” em sala de aula.

Sim, eu sei que existem escolas com didáticas extremamente inovadoras, ou escolas que usam até Microsoft surface e quadros digitas inteligentes, porém são em minoria e grande parte estão localizadas em países desenvolvidos.

Vamos aguardar mais 500 anos na esperança de uma mudança de cenário, ou vamos agir agora?